COMER BEM PELO LITORAL URUGUAIO

04.01.2017 | Cabo Polonio, Destinos, Experiências Gastronômicas, La Paloma, La Pedrera, Litoral Uruguaio, Punta del Diablo, Uruguai

Umas das road trips mais incríveis que já fiz nas minhas andanças mundo afora foi, sem dúvida, pelo litoral uruguaio. As paisagens são lindas, as pessoas simpáticas e bonitas, o mar, apesar de gelado, abraça a gente quando se dá um mergulho e pra completar, se come muito bem.

Por ser um país pequeno, a gastronomia não varia muito de cidade pra cidade. Você sempre encontrará os principais pratos da culinária uruguaia em qualquer lugar, tais como: milanesas, torta rogel, chivitos e outras cositas más. Podem ter algumas variações na forma de preparo e nos acompanhamentos, mas mantém o sabor. 😉

Meu post será uma espécie de guia pra você comer bem nas principais praias do departamento de Rocha. Desde o Chuí até La Paloma. Vamos lá? 🙂

NA FRONTEIRA BRASIL-URUGUAI ( CHUÍ )

Nosso trajeto é sempre o mesmo, via Chuí. Confesso que ali tem que procurar muito pra comer bem. A cidade é o paraíso dos free shops, com preços bem convidativos, por isso muita gente faz um pit stop para umas comprinhas. Se for o seu caso, recomendo comer no restaurante do Hotel Bertelli. A comida é simples, mas bem feita, com bom custo-benefício. Comemos um a La minuta caprichado.

387

SANTA TERESA

A primeira parada que sugerimos depois da fronteira é o Parque Nacional Santa Teresa, onde você encontrará a famosa Fortaleza ou Forte Santa Teresa, como nós brasileiros o chamamos. Se quiser conhecer bem e curtir o local (que é enorme, com camping, praias e outros atrativos), é preciso ficar pelo menos um dia inteiro. Os uruguaios costumam acampar ali, então se faz muito churrasco e comida em fogareiro, mas tem restaurantes bem honestos.

Na última vez, paramos na volta ao Brasil e experimentamos o Parador Piratas que fica na Playa La Moza. A comida não é muito elaborada, por isso resolvemos optar pelo básico chivitos (sanduíche típico uruguaio, saiba mais aqui), pra não ter erro! A equipe de atendimento foi muito simpática e ganhamos até uns alfajores de sobremesa.

img_6447

PUNTA DEL DIABLO

Do ladinho de Santa Teresa está Punta Del Diablo, uma praia com belezas naturais e construções rudimentares, bem roots! (Leia mais aqui). No centrinho há uma porção de restaurantes um ao lado do outro, bem honestos e gostosos, escolha o que mais te agradar. Optamos pelo restaurante de cardápio mexicano, pela bela decoração e clima agradável. Lá eles servem pratos variados e tem muitas opções pra escolher.

1415

Um pouco mais isolado encontramos o famoso restaurante Il Tano Cucina, um italiano com massas recheadas caseiras, como os famosos sorrentinos uruguaios (uma espécie de ravioli redondo bem recheado). O próprio dono que atende as mesas tornando o ambiente ainda mais agradável e aconchegante. O labrador da família sempre vem te dar um oi no meio da sua refeição, achei uma graça!

Conhecemos também o Panes e Peces, na praia Del Rivero. Local bem aconchegante, com mesas na varanda, redes, luz de velas e música ao vivo. Lá tomamos algumas Patricias acompanhadas de pratos com peixes, especialidade da casa. Está aberto também para café da manhã e almoço. Recomendamos!

CABO POLÔNIO

Cabo Polônio é uma comunidade alternativa e uma reserva ecológica, que se acessa somente em veículos autorizados (caminhões 4×4) ou a pé (saiba mais aqui). É um programa super diferente, a natureza é espetacular e o clima incomparável. A energia que rola ali é bem forte, cheia de paz e você sai renovado!

869

Mesmo sendo um vilarejo, a culinária é muito boa e com mais opções do que o esperado. Novamente as milanesas, os chivitos e os pescados são as opções principais, mas encontramos restaurantes com cardápios elaborados, como o Mariemar (que fica na pousada com o mesmo nome, ao final da Rua Principal, sobre a Praia La Calavera). Além de outras alternativas espalhadas pela vila.

Não deixe de provar o buñelos, que são bolinhos de alga fritos. Você pode encontrá-los em algumas praias do litoral uruguaio, mas em Cabo, eles são bem famosos e muitos restaurantes tem no seu cardápio como uma excelente opção de entrada ou petisco. Nós almoçamos no Lo de Dani, fomos bem atendidos e a comida era gostosa. Iniciamos com os buñelos e depois fomos de milanesa com papas fritas.

872

img_6247

No final da tarde, antes de voltarmos pra La Pedrera onde ficamos hospedadas, resolvemos tomar um suco ali no início do centrinho. Como a luz só funciona até certa hora, nossa bebida foi feita a mão, ou seja, macerada, como a caipirinha. Resultado? Ficou uma delícia, só faltou um pouquinho de álcool pra ficar perfeito! 😉

950

LA PEDRERA

Mais 01 horinha de carro, chegamos ao nosso destino preferido e onde montamos acampamento: La Pedrera ou simplesmente La Pedre. Uma praia de estilo hippie chic, com belezas naturais, surfe, família, muita diversão, gente bonita e a melhor gastronomia da região. A cidade gira em torno da rua principal que beira a praia. É chamada de Peatonal e quase tudo acontece ali no centrinho mesmo. Fora isso, só há agito a noite nos hostels ou em festinhas particulares. Leia mais aqui e aqui.

O restaurante mais estruturado é o Petisco Bar, que vira balada depois do jantar. A comida é ótima, o cardápio é bem elaborado e foge das típicas milanesas e chivitos. Prove o lomo (lombo) de corvina negra com purê de cenoura e gengibre e o curry de pollo (frango ao curry). Ambos divinos!

648

corvina-negra

Corvina Negra

642

Curry de pollo

Ao lado do Petisco Bar tem um hostel e na frente dele, um restaurante chamado El TruenoA comida é bem gostosa e o atendimento é feito por uma equipe jovem e bem humorada. É uma ótima pedida para não gastar muito e comer uma bela milanesa napolitana (bife a milanesa coberto com molho de tomate, queijo e presunto, acompanhado de batatas fritas). O prato é bem caprichado, excelente para depois de uma noitada das boas, que só encontramos em La Pedre.

Milanesa Napolitana do El Trueno

Milanesa Napolitana do El Trueno

Quase em frente ao El Trueno está o Moro Bar. O restaurante é decorado no estilo marroquino, tem dois ambientes, o clima é mais intimista, com mesas baixinhas e você pode até sentar no chão, se preferir. A comida é divina! Provamos o Menu Marroqui que consiste em: 01 bebida + uma das 3 opções: as Pitas (pãezinhos tipo árabe recheados, um de carne e outro de frango) ou Falafel (bolinhos fritos de grão de bico e vegetais) ou Fatay (uma espécie de esfiha aberta). O custo deste menu é de 350,00 pesos uruguaios, equivalente a 40,00 reais, o que é um preço muito bom pra quantidade de comida servida. Claro que voltamos lá mais uma vez para experimentar todas as opções. Além dos pratos típicos, eles também servem pizzas, agradando a todos os gostos.

1275

974

img_6282

977

Foi um dia super especial pra gente, pois brindamos o cumpleaños da minha (nossa) sister Elisa. E não podíamos ter escolhido lugar melhor, a vibe zen do Moro Bar tem tudo a ver com ela, fomos super bem atendidas e estava tudo uma delícia. No final, uma mini torta rogel de cortesia pra fechar a noite com doçura. 😛

1012

1314

O restaurante mais “chique” de lá é o La Pe, um ambiente aberto no meio das árvores com decoração bem descolada. Lá você come sorrentinos, paella, pescados e muitas outras delícias preparadas pelos chefs da casa. A cozinha é aberta e você pode ver a turma preparando seu prato, vale a pena viver a experiência! Outro diferencial é que tem espaço kids.

img_2405

Massas e Paella 😛

729

Cozinheiros em ação!

Ainda falando em restaurante com comida diferenciada, encontramos o Dom Rómulo, um tradicional de comida italiana. Não provamos, pois como já sabem, sou chef do Tartoni, também italiano. Portanto, nas minhas férias, procuro provar primeiro as coisas típicas do lugar. Dessa vez não deu tempo, quem sabe na próxima…

No início da Peatonal, perto da praia, está o Ay Candela. Só o ambiente já faz valer a visita. Escolha uma mesa no jardim florido da casa, um charme. A comida é bem preparada e todos os dias tem uma sugestão especial com preços convidativos.

img_2350

Ainda na Peatonal você encontra o Comipasso La Pedrera. Comipasso (comida ao passo) é uma espécie de lanchonete, com pratos mais baratos, rápidos e populares, como milanesas, chivitos, pizzas e sanduíches. A casa oferece combos, que tornam a refeição super em conta, por exemplo, comemos uma pizza com uma cerveja Pilsen de litro por 330 pesos uruguaios. Serve duas pessoas e equivale a aproximadamente 20 reais pra cada. Você verá muitos restaurantes com esse nome pelo Uruguai, não é uma franquia e sim um tipo de restaurante.

comipaso-la-pedrera

img_5810

compaso-fachada

A Playa del Barco é a nossa preferida. Normalmente montamos “acampamento” por ali! Pra chegar até a areia é preciso descer uma extensa rampa,  portanto, a rua fica bem acima do nível do mar. A vista é linda da rambla para a praia e há ótimos restaurantes naquele cantinho!

Playa del Barco

Na beira da praia há um quiosque que me surpreendeu com suas opções. Comemos um frango thay delicioso e um milho cozido, com grãos graúdos e saborosos. Tem combinação melhor que milho e beira de praia? Eu amo! 🙂

Outra ótima opção por ali, é fazer um lanche na Casa Dulce, uma fofura de lugar! Escolha um final de tarde com um sunset matador e aproveite a vista! Não deixe de provar a torta Rogel que é de comer “de joelhos”. Além dela, o cardápio oferece quiches e tortas salgadas, com destaque para a de massa integral rústica, recheada com vegetais bem temperados. É muito gostosa e leve, mas pode ser a escolha pro almoço, por exemplo. Todas são acompanhadas de salada ou batatas rústicas. Se ficar um tempo maior por La Pedre, repita o programa e escolha outras delícias da casa. Ali não tem erro, tudo é gostoso!

1042

1068

1084

Ao lado está o Mandala, restaurante com pratos típicos uruguaios. Peça uma pizzeta acompanhada de uma Patricia em um final de tarde e desfrute!

625

Olha a vista! 😀

img_6225

Para um lanchinho rápido no centrinho, dê uma parada no Tu Deleite, um local com uma variedade enorme de empanadas, gostosas e baratas. Minhas preferidas são de carne picante, caprese e, é claro, dulce de leche. Essa lanchonete você encontra em outros lugares do Uruguai com as mesmas empanadas e sempre deliciosas. E o melhor, funciona 24 horas. Ou seja, é uma ótima pedida pra volta da balada também!

Sorvete não pode faltar no verão, não é mesmo? La Pedrera tem duas sorveterias bem distintas. A Popi Heladeria que é mais popular, ponto de encontro no fim de tarde e com sabores mais tradicionais. E a Chelato, uma franquia que existe em outros locais do país, onde o sorvete é diferenciado, tanto pelo sabor quanto pelo preparo, artesanal. Se você procura algo especial vá à Chelato, nós provamos os sabores de manga e doce de leite, ambos maravilhosos.

img_2374

img_6200

img_6191

Olha o astral da decor, bem roots e cheia de “coloridices”!

img_2377

Popi

Popi

Os pães, tortas, doces e salgados são um capítulo à parte no Uruguai, pois eles utilizam farinha e manteiga de qualidade e fazem iguarias pra você ganhar alguns quilinhos no verão. Na Panadería “La de Siempre” existem muitas opções de encher os olhos e o estômago. Vale a pena conferir!

panaderia

Churros! Ah, eles são muito versáteis. Podem servir de sobremesa, lanchinho rápido, pós ressaca ou café da manhã. Prove um nas carrocinhas ou banquinhas ao longo da Peatonal, recheados de doce de leite, você vai adorar!

960

Sou apaixonada por La Pedrera e por tantas opções deliciosas que ela oferece! 😀

LA PALOMA

E por fim, na nossa trip pelo litoral Uruguaio, chegamos a La Paloma. A praia principal de Rocha (leia mais aqui). Ela se aproxima mais do nosso litoral gaúcho em termos de estrutura e lazer. Passamos somente o dia por lá, portanto experimentamos apenas um restaurante, mas temos boas referências de outros também. A maioria deles se concentra na Av. Nicolás Solari (a principal) e redondezas. Optamos pelo Arrecife (Av. Nicolás Solari, 27001), típico restaurante de praia, bem arejado e com janelões e mesinhas na rua que te permite ver a movimentação do centro. O cardápio é bem variado, com parrilla, peixes e lanches. Experimentamos o clássico chivitos, um pescado grelhado com batatas ao murro e salada mista. Boa pedida!

409

420

Além do Arrecife, nos recomendaram conhecer o restaurante Bahía, que está junto ao Hotel Bahía desde 1939. Da chef Marta Lujambio, oferece comida regional gourmet.

Na praia La Balconada, uma das mais famosas de La Paloma, está o Punto Sur, um parador com vista linda e um cardápio diversificado, muito procurado pelos turistas.

La Paloma tem um porto (el Paseo del Puerto) que vende peixe fresquinho. Caso você esteja alugando uma casa por lá e tiver a possibilidade de assar um pescado, vale a pena e você pode fazer receitas ótimas e fáceis com eles.

pescaderia

Realmente, nosso país vizinho oferece muitas coisas interessantes, entre elas ótima gastronomia, muita diversão e lindas praias. Passe um verão por lá e aproveite o melhor que a vida pode te oferecer. Depois nos conte o que achou do litoral uruguaio e até a próxima viagem gastronômica! 😉

LEIA MAIS

ROAD TRIP: PRAIAS URUGUAIAS

FAZENDO A MALA: PRAIAS URUGUAIAS

A “BUENA ONDA” DE LA PEDRERA, URUGUAI

A NOITE EM LA PEDRERA – LITORAL URUGUAIO

LA PALOMA, A PRAIA MAIS DEMOCRÁTICA DO URUGUAI

CABO POLONIO, UMA COMUNIDADE ALTERNATIVA NA COSTA URUGUAIA

PUNTA DEL DIABLO: SOL, MAR E MUITA FESTA NO LITORAL URUGUAIO

ONDE FICAR EM MONTEVIDÉU – URUGUAI

FAZENDO A MALA PARA O FRIOZINHO DE MONTEVIDÉU

O QUE CONHECER EM MONTEVIDÉU – URUGUAI

URUGUAI, A TERRA DOS VINHOS TANNAT

A GASTRONOMIA DE MONTEVIDÉU – DIVERSIDADE E TRADIÇÃO

COMPRAS EM MONTEVIDÉU

URUGUAI, O PAÍS DO ROCK, DA CUMBIA E DA MURGA

RECEITAS DO MUNDO: URUGUAI

Por Maria Fernanda Tartoni

Deixe um comentário