DESCOBRINDO SAN JOSE – COSTA RICA

24.10.2016 | Costa Rica, Destinos, Explorando as Cidades, San Jose

A primeira impressão que tivemos ao chegar à capital costarriquenha é que estávamos nos aproximando dos Estados Unidos. A cidade é organizada, limpa, há fast food americano por todos os lados e os simpáticos locais falam espanhol enrolando o “r”, lembrando o sotaque americano. Existe uma razão, há mais de 250 multinacionais de alta tecnologia no país, a maioria americana.

Fomos recebidas com um alegre “Bienvenidas a Costa RRRRRica, PURA VIDA!”, saudação nacional que ilustra este país cheio de belezas naturais.

Na contramão, San Jose apresenta uma batida bem urbana, é como a maioria das capitais onde as pessoas andam em ritmo acelerado e trabalham bastante. Não há muitas atrações turísticas, tanto que conseguimos conhecer os principais pontos em um City Tour de um dia. Ficamos pouco tempo na capital e optamos por alguns passeios mais distantes, então não foi possível explorar a vida local como costumamos fazer. Um fator limitante é que escurecia bem cedo, em torno das 17h30, então nosso dia foi mais curto.

Dica Volto Segunda

O tempo estava nublado, ventava e era fresquinho. Para acertar a mala nesta época do ano é importante levar calças, alguns casacos leves e para se aventurar pela floresta tropical roupas de ginástica, casaco impermeável (sim, vai chover na floresta!) e tênis. Confesso que passamos um pouco de frio, pois a expectativa era de um clima tropical. Mas fique atento na previsão do tempo antes de fechar a mala e invista em uma capa de chuva.

Sugiro levar também uma máquina fotográfica GoPro ou outra a prova d’água em função da chuva e dos esportes aquáticos, para poder registrar todos os momentos tranquilamente.

foto-3_650px

Ficamos no hotel Crowne Plaza San Jose Corobici, no centro, ao lado do Parque La Sabana onde está o Estádio Nacional, que sediou o show que nos “convidou” a conhecer esta cidade (contarei tudo sobre o show em outro post, aguardem 😉 ). Vale um passeio no parque, há muita gente se exercitando, jogando e famílias brincando. O hotel é excelente, ficamos muito satisfeitas com a localização e o cordial atendimento. O apartamento é amplo e limpo, o café da manhã é delicioso, parece um farto almoço. Há uma piscina externa e uma academia, ambas ótimas. E para facilitar a vida, há um supermercado em frente ao hotel, que por sorte tinha um posto de troca dos ingressos do show!

CITY TOUR

Optamos pela empresa City Square Tours – Hop On Hop Off, um sistema que recomendamos, pois você pode descer e subir em qualquer parada que desejar e assim conhecer os lugares no seu tempo. O circuito completo dura 2 horas e o micro-ônibus circula continuamente por todo o percurso, passando com intervalo de 1 hora em cada parada. Nosso guia, o Denis, era gente boníssima e conhecia muito a história de San Jose. São no total 8 paradas e este serviço funciona todos os dias das 8h15 as 17h30, compramos o passeio em uma agência dentro do hotel, onde nos buscaram.

O tour é completíssimo! Você pode avistar museus, monumentos, parques, praças, restaurantes… muitos pontos para listar aqui, então sugiro que vejam o vídeo abaixo (3 minutinhos) e tendo interesse em maiores detalhes entrem no site que lista as atrações e fornece dias e horários atualizados dos museus, teatros, bibliotecas e outros. Os valores são os seguintes: o passeio de 1 dia é USD 25.00 e o de 2 dias USD 40.00.

 

foto-4_650px

Nós fizemos três paradas, a primeira no Museo de Arte Costarricense, que coordena as principais atividades relacionadas com as artes plásticas no país. Reúne em seu acervo de mais de 6.000 obras, pinturas, esculturas e fotografias de artistas nacionais e estrangeiros que datam desde meados do século XIX até o princípio do século XXI. A fachada externa é colorida e rende fotos criativas!

foto-5_650px

Próxima parada Museo Calderón Guardia. O Dr. Rafael Ángel Calderón Guardia foi presidente da República entre 1940-1944, Benemérito da Pátria foi um grande reformista social. O museu foi fundado em 1991 para destacar a vida e obra deste homem no desenvolvimento social, político e econômico da Costa Rica, mantendo seu legado vigente na população.

foto-6_650px

Nossa última parada foi no belíssimo Teatro Nacional. O prédio é considerado um dos mais sofisticados da Costa Rica e foi inaugurado em 1897, financiado pelos ricos barões do café da época. Com programação variada, oferece aos visitantes apresentações sinfônicas, peças de teatro, espetáculos de dança e shows musicais. Conta com uma pequena galeria de exposições e um Coffee Shop. Fizemos uma visita orientada que valeu muito a pena (entrada + tour guiado USD 10.00)! Esta joia arquitetônica é de uma exuberância ímpar que nos leva a uma viagem no tempo.

foto-7_650px

foto-8_650px

montagem-foto-9_opcao2

Mas cansamos da realeza 🙂 e fomos bater perna pelo centro nos arredores do Teatro e Voilà, encontramos o Mercado de Artesanía. Uma grata surpresa, pois há muitas opções de presentes de artesanato local a um preço acessível, destaque para os chapéus Panamá de boa qualidade.

Após as compras, buscamos a parada mais próxima e pegamos o micro-ônibus do City Tour de volta ao hotel.

PASSEIO 3 EM 1

Outro passeio de um dia que fizemos foi para três belos lugares: Doka Estate Coffee Tour, Parque Nacional Volcán Poás e La Paz Waterfall Gardens. Contratamos este passeio em uma agência dentro do hotel.

DOKA ESTATE COFFEE TOUR

A primeira parada foi nesta fazenda de café, declarada e incorporada ao Patrimônio Histórico Arquitetônico da Costa Rica, onde conhecemos o processo do café desde a semente até a xícara. Fomos recebidas com um farto café da manhã incluso no passeio. Ah, para saber mais sobre a gastronomia deste país aguardem o post da Fê que está saboroso!

Iniciamos na plantação de café, onde aprendemos sobre a história do local e sobre os grãos. Vimos todo o processo de colheita, separação e secagem. Após os testes de qualidade, finalmente nossos olfatos foram brindados com o cheiro dos deuses que exala dos grãos sendo torrados. Você sabia que o que faz o café ser fraco, forte ou extra forte é o tempo de torra? 😉

Finalizamos o passeio na loja de conveniência; aí aproveitamos para comprar kits com pacotinhos de degustação de cada tipo de café, uma excelente opção de presente, na minha opinião a melhor! Oferecem 6 tipos de café, dentro eles o Peaberry AA, uma exclusividade do local. A qualidade do café da Costa Rica é reconhecida mundialmente e é realmente muito bom!

foto-10_650px

foto-11_650px

foto-12_650px

montagem-foto-13_opcao1

PARQUE NACIONAL VOLCÁN POÁS

A Costa Rica tem vários vulcões, os mais famosos são: Arenal, Irazu e Poás. Optamos por conhecer o Poás pela proximidade da Capital. Após a visita a Doka Estate, seguimos rumo ao vulcão, o tempo estava fechando e na subida das montanhas uma chuvinha começou. Já tínhamos sido informadas que 90% do tempo a cratera está coberta de nuvens, que é preciso ser persistente e, acima de tudo, ter muita sorte para vê-la, mas como estávamos lá resolvemos arriscar.

No caminho paramos em uma tendinha, destas que têm de tudo um pouco. Ofereciam uma variedade de coisas típicas para degustar como banana chips muito comum por lá, deliciosos morangos, mozarela fresca, vinho, além de souvenires e o mais importante: capas de chuva. Experimentamos várias gostosuras e investimos nas capas, que nos acompanharam até o fim da estada em San Jose, eram azuis, um charme. 😉

O Parque Nacional Volcán Poás oferece ao visitante restaurante, cafeteria, centro de atendimento turístico, loja de souvenires, sala com vídeos e maquetes sobre a geologia e os vulcões da Costa Rica, exposição de insetos locais e um anfiteatro, além de estacionamento. Há ainda trilhas bem sinalizadas.

O vulcão tem duas crateras: uma inativa, onde atualmente se localiza o Lago dos Botos, e outra ativa, que reserva uma das mais impressionantes paisagens vulcânicas da Costa Rica. São 1.320 km de diâmetro e no fundo da cratera há um lago azul-turquesa, que infelizmente não vimos, mas valeu a aventura! Fomos até o mirante e fizemos algumas trilhas molhadas.

Se o tempo estivesse aberto, essa é a linda imagem do Vulcán Poás que teríamos visto!

Se o tempo estivesse aberto, essa é a linda imagem do Vulcán Poás que teríamos visto!

foto-15_650px

Imperdível Volto Segunda

LA PAZ WATERFALL GARDENS

A próxima parada foi no Parque La Paz Waterfall Gardens, um santuário da flora e fauna. Esta é uma das atrações ecológicas mais visitadas da Costa Rica, oferece as melhores trilhas e as mais famosas cataratas do país, dentre elas a Catarata de La Paz. Um centro de resgate e reserva da vida silvestre com mais de 100 espécies de animais e programas de educação ambiental.

foto-16_650px

O melhor deste passeio é que você encontra em um só lugar tudo que caracteriza a Costa Rica: um bosque chuvoso com vegetação exuberante, rios cristalinos, espetaculares cascatas, aves, borboletas, jardim de beija-flores, serpentes, rãs, macacos, felinos e uma grande variedade de flores. Está aberto todos os dias do ano das 8h00 as 17h00.

foto-17_650px

foto-18_650px

foto-19_650px

Iniciamos a visita pela parte dos animais, é uma experiência bem interativa, você fica muito próximo a eles. Fizemos uma parada para almoçar, a comida é ótima e o restaurante fica no meio do parque mantendo a vibe into the jungle. Seguimos rumo às trilhas das cascatas, é um sobe e desce no meio da floresta e cada parada uma grata surpresa! O parque é maravilhoso, super recomendamos! Retornamos ao hotel cansadas, molhadas e felizes por conhecer tantos lugares bonitos e trocar uma energia tão positiva com a mãe natureza. Foi PURA VIDA! 😀

foto-20-3_650px

foto-20-1_650px

No próximo post, as delícias gastronômicas da Costa Rica! Yummy 😉

Por Aline Maldaner

Deixe um comentário