FAZENDO A MALA: O QUE VOCÊ NÃO PODE ESQUECER | PARTE 1

05.03.2016 | Dicas, Fazendo a Mala, Mala

Viajar é muito bom, não é? Para a maior parte das pessoas, está entre as 5 coisas que elas mais gostam de fazer na vida. 🙂

Só que fazer a mala, organizar o que levar, além de atentar para itens de segurança, gera uma certa dor de cabeça. Não deixe isso tirar a sua vontade de estar em movimento. Seu bem-estar também depende de você levar as coisas certas e tomar as devidas precauções.

Então, pra ajudar nesta parte chata, aqui vai uma série de dicas importantes sobre o que levar na bagagem que vai despachar, o que levar na bagagem de mão, melhor look para embarcar, dentre outras dicas interessantes pra você viajar tranquilo.

O QUE LEVAR NA MALA

É muito difícil que eu diga exatamente que roupas você deve levar, porque cada destino tem um clima e um estilo diferentes. Se você for pro Caribe ou pro Alaska, tudo pode mudar! Além do que, é muito diferente se você for passar 1 semana ou 1 mês. Tudo depende, MESMO. Então, como nosso blog tem o objetivo de te inspirar a voar as tranças por aí e ser feliz, eu vou elaborar posts facilitadores, montando a mala para vários destinos que eu já fui ou estou indo, ou pelo menos a maior parte deles. 😉

Logo mais você vai encontrar um post sobre o que levar na sua bagagem para o Caribe Colombiano e outro para Montevidéu, que são 2 destinos totalmente diferentes, por exemplo.

Mas existem sim, alguns itens que são indispensáveis em qualquer mala, anote aí:

  • calças e/ou shorts jeans;
  • jaqueta jeans (ou algum casaquinho);
  • camisetas básicas;
  • camisas (que são super versáteis);
  • tênis ou rasteira confortável;
  • pijamas;
  • meias;
  • underwear;
  • pelo menos 1 bolsa pequena de usar na transversal (deixar suas mãos livres em viagens facilita tudo);
  • nécessaire c/ seus itens pessoais de higiene e beleza (em frascos menores);
  • escova de cabelo;
  • farmacinha pessoal.

Relógio (se vc usa), óculos de sol, celular, câmera fotográfica, dinheiro, cartão de crédito e passaporte são igualmente imprescindíveis, mas estes itens devem viajar na bagagem de mão. Isso é o básico. Mas tem outros itens que você pode (ou deve!) levar que variam muito dependendo para onde você está indo. Então fique conectado, que as boas dicas estarão sempre pipocando aqui no blog no “FAZENDO A MALA”. 😉

PREVISÃO DO TEMPO

Ao fazer a mala sempre olhamos a previsão do tempo no destino. Óbvio. Mas o clima anda tão maluco, que de uma hora pra outra pode dar uma virada e sua mala perfeita, já fica toda errada. Então, uma dica importante é que você cheque novamente a previsão do tempo imediatamente antes de sair para o aeroporto ou pegar a estrada. Com esta informação atualizada faça um novo check list de itens. Verifique se faltou um casaquinho ou sobrou alguma coisa que só vai pesar depois. Feito isso, feche a mala.

Dica Volto Segunda

Muito embora eu ainda não seja tão desapegada (sou da turma dos “prevenidos”), o ideal às vezes é ir com um pouco menos, principalmente se vai para um destino que tenha coisas interessantes pra comprar. As chances de errar são menores se você seguir essa dica.

FARMACINHA BÁSICA DE VIAGEM

Ninguém merece passar por apuros com a saúde, tais como dor de cabeça, dores musculares, má digestão, alergias, gripe, febre, dentre outros males que podem nos afetar ao mudar de país, clima, alimentação e rotina. Além dos seus medicamentos habituais, leve sempre uma farmacinha básica.

Sugiro que você coloque todos os medicamentos em uma nécessaire dentro da mala a ser despachada. Os prescritos por médico, tipo tarja preta ou manipulados, podem sofrer inspeção, então recomendo que leve uma receita assinada pelo seu doutor e com o seu nome.

Embarque apenas com os remédios que você precisará usar durante a viagem e alguns básicos de uso geral, tais como Neosaldina (dor de cabeça), Dorflex (relaxante muscular), colírio (se você usa lentes de contato especialmente, vai precisar, pois o ar pressurizado da aeronave resseca os olhos), e algo para o estômago. De preferência em pequenas quantidades, o restante despache. Evite excesso de itens na bagagem de mão para agilizar a sua passagem pelo raio-X.

Farmacia de Viagem

Os itens selecionados acima, são os que a gente mais usa e costuma levar em viagens. Obviamente que existem outros laboratórios e medicamentos genéricos. Lembre-se de sempre consultar seu médico antes de se medicar. Qualquer dúvida nos deixe um recado logo abaixo deste post, que tentaremos esclarecer o mais rápido possível. 😉

KIT UNIVERSAL DE ADAPTADOR DE TOMADAS E VOLTAGEM NO DESTINO

Um item que não pode faltar em sua bagagem é um kit universal de adaptador de tomadas, ou pelo menos algum adaptador que se adeque ao lugar onde você está indo, caso saiba. Existem destinos (principalmente na América Latina) que as tomadas não têm padrão. Então, um kit universal sempre salva a nossa vida, porque ele serve para quase todos os países da Europa, América do Norte, Central e Sul, Ásia, Oceania, entre outros. O meu já fica permanentemente dentro da mala, assim não corro o risco de esquecer. E como é um objeto que não ocupa espaço, não deixe de levar. Isso evita que tenha que sair correndo pra comprar, em uma cidade que você não conhece e com a agenda cheia. Você quer se divertir e não perder tempo com isso! Alguns hotéis disponibilizam, mas não é regra.

Adaptador Universal

Você encontra em lojas de materiais elétricos ou eletrônicos, lojas de tudo para a casa, alguns supermercados ou online aqui no Mercado Livre.

Outro detalhe extremamente importante, principalmente para quem leva secador, baby liss, chapinha, muitas câmeras, aparelhos de barbear, dentre outros eletrônicos é verificar a voltagem no destino antes de ir. O hotel sempre fornece esta informação e nós aqui no blog também. Sempre que falarmos sobre um destino, vamos informar tudo que você precisa saber sobre ele, do macro ao micro detalhe, incluindo a voltagem. Então se alguns de seus aparelhos não forem bivolt, cheque sempre este dado.

CADEADO COM ABERTURA UNIVERSAL

Outro pequeno detalhe, mas não menos importante, é que ao fechar a mala, você sempre use um cadeado para evitar qualquer imprevisto como pequenos furtos em aeroportos. Você é do tipo que despacha a mala e já começa a rezar e seja o que Deus quiser?! É normal ficar apreensivo. Mas na verdade, há várias maneiras de evitar que você tenha problemas.

Uma delas é o uso de um cadeado, sempre. O ideal e mais indicado é o cadeado com abertura universal.

Ao viajar para os Estados Unidos, por exemplo, é preciso tomar alguns cuidados com relação a sua bagagem, pois toda mala que é despachada, por motivos de segurança, passa pela inspeção do raio-X. Esse procedimento é feito pelos agentes da TSA (Transport Security Administration: Administração de Segurança no Transporte) e se por ventura for identificada a necessidade de abrir a mala para verificar o conteúdo, isso será feito manualmente por eles.

Fique Atento Volto Segunda

Por ser algo compulsório, invariavelmente em algum momento isso acontecerá com você. Então minha sugestão é investir em um cadeado aprovado pela TSA, que pode ser aberto por uma chave-mestra, exclusiva destes agentes. Outros tipos de cadeados ou até mesmo lacres serão rompidos e a mala seguirá desprotegida pelo resto da viagem.

Caso opte pelo cadeado aprovado pelo TSA, somente perceberá que sua mala foi aberta, ao encontrar um papel de notificação de inspeção de bagagem (notice of baggage inspection).

Estes cadeados são facilmente encontrados em aeroportos internacionais, nas lojas especializadas em bagagem ou online. Existem cadeados de 3 dígitos, 4 dígitos ou com chave, e o símbolo é vermelho e facilmente identificável, conforme fotos abaixo:

Cadeado Universal

Aqui você encontra alguns modelos pra comprar online!

Fique Atento Volto Segunda

Verifique sempre o seu cadeado e o estado da sua mala assim que retirá-la da esteira. Se ela for danificada, procure a cia área na sala de desembarque, pois a maioria delas se responsabiliza pelo conserto. Este é um item caro, então não deixe de cobrar, é um direito seu.

Neste post, você encontra mais detalhes importantíssimos sobre segurança em aeroportos e cuidados que você deve ter com a sua bagagem.

Fique ligado e boa viagem! 😀

Beijos,

Angélica

LEIA MAIS:

FAZENDO A MALA: O QUE VOCÊ NÃO PODE ESQUECER | PARTE 2

FAZENDO A MALA: O QUE VOCÊ NÃO PODE ESQUECER | PARTE 3

 

Por Angélica Maldaner

Deixe um comentário

6 comentários em “FAZENDO A MALA: O QUE VOCÊ NÃO PODE ESQUECER | PARTE 1”

  1. Rafael Campos disse:

    Olá. A dica do adaptador é ótima. Vou comprar um.
    Quanto ao cadeado, gostaria de fazer uma crítica. Descobri da pior maneira que cadeados são totalmente inúteis contra furtos. Os de código são facílimos de abrir se vc souber como identificar o código (e o bandido sabe, com certeza) e os de chave tbm caso vc tenha uma chave mestra ou até msm com uma leve pancada. Então, honestamente, eu nem coloco nas minhas malas mais pra não chamar atenção. Ou uso outro meio de proteção ou não uso nenhum. Na minha última viagem, furtaram vários produtos de uma das minhas 2 malas. Furtaram só da que tinha cadeado e ela tinha chegado pra mim aparentemente intacta.

    • Olá Rafael tudo bem? Obrigada pela visita! Ficamos felizes com seus comentários, vamos analisar de fazer um novo post sobre segurança da mala. Nada, nem o cadeado, pode impedir furtos e roubos. Podemos comparar com as nossas residências, muitas vezes temos cerca elétrica, segurança, alarme e quando o ladrão quer entrar, ele entra. O cadeado universal, é na verdade, apenas uma forma de ” retardar ” ou ” tornar um pouco mais inacessível ” a abertura da mala. Mas quando querem, eles abrem mesmo. Nós nunca deixamos de colocar o cadeado e nem o protect bag (nunca mesmo), pois em conexões rápidas em aeroportos, os ladrões ocasionais (aqueles que fazem pequenos furtos) acabam não tendo tempo de abrir a mala na conexão quando ela está coberta pelo protect bag (falamos sobre isso neste post aqui: http://www.voltosegunda.com/site/fazendo-a-mala-o-que-voce-nao-pode-esquecer-parte-3/ ) e ainda com o cadeado. As vezes aquele monte de plástico enrolado do protect bag é até mais seguro, pois a pessoa demora mais pra conseguir abrir. Então qualquer segurança a mais pode ajudar a evitar furtos rápidos. Entre uma mala que está sem protect bag e cadeado e uma que está protegida com ambos, óbvio que o ladrão vai ir no que está mais rápido de abrir. Então quanto mais precauções tomarmos, melhor. Somos a favor do cadeado, e mais ainda do protect bag (mesmo sendo caro), mas com certeza nada é impecílio quando querem realmente furtar algo. Já fomos roubados no aeroporto do Panamá e a partir do momento que adotamos a dupla cadeado + protect bag, não ocorreu mais. Justamente por ser um ” dificultador ” mas tbm pode ter sido sorte. De qq forma eu nunca viajo sem cadeado e protect bag, e nunca tive mais problemas. Um abraço e Volte Sempre.

  2. Carla Cristina disse:

    Olá! Estou indo para Turquia passar 90 dias. Vou agora no inverno( abaixo de zero). Mas gostaria mesmo de saber sobre medicamentos. Pois, tomo remedios receitados diariamente para pressão alta. Posso levar a quantidade para 90 dias na bagagem de mão ou tenho que despachar?

    • Aline Maldaner disse:

      Olá Carla, tudo bem? Que delícia hein!? 90 dias na Turquia! Achamos que é melhor despachar sua medicação e levar na bagagem de mão somente o que necessitará durante a viagem. Sempre é bom levar a prescrição médica desses remédios, caso haja algum tipo de inspeção. Boa viagem e obrigada por nos acompanhar! Um abração!

  3. Adriana Saldanha disse:

    Muito obrigada pelas dicas,na primeira vez que viajei foi muito importante,e agora estou indo de novo e dei uma olhadinha novamente.

    • Gabriela Maldaner disse:

      Oi Adri querida!! Que bom que nossas dicas ajudam você!! Fazer a mala, as vezes, pode ser meio complexo mesmo! Simplificar é tudo de bom! Obrigada por nos acompanhar!! bjss