GRAMADO AO AR LIVRE PARA OS AMANTES DE ATIVIDADE FÍSICA, POR MARIA CRISTINA SCHOKAL

30.10.2017 | Brasil, Convidados, Explorando as Cidades, Gramado, Viagens Curtas

Quando o assunto é Serra Gaúcha, logo pensamos em vastas opções gastronômicas, vinhos e no aconchegante calor em frente a uma lareira. Concordo que tudo isto é maravilhoso, mas vou mostrar Gramado de outro ângulo, da visão de quem curte praticar atividade física. Acreditem, é possível equilibrar deliciosas refeições com prazerosas caminhadas e passeios de bicicleta ao ar livre. 😀

Pedalar no bairro Planalto é encantador, um dos locais mais charmosos da cidade, com ruas tranquilas e residências com jardins muito bem cuidados. Sinta o ar puro do verde exuberante e aprecie a variedade de flores e áreas verdes. Aproveite para pedalar no Lago Joaquina Rita Bier, famoso lago do Natal Luz, e passe em frente ao Mini Mundo, pontos turísticos localizados no bairro.

Para quem prefere sair da zona urbana, vale a pena pedalar pelas estradas que levam as colônias alemãs e italianas no interior da cidade. Mas, é preciso estar preparado para muitas subidas e descidas! Uma boa sugestão para quem está acostumado a pedalar é ir a Linha Bonita, acesso em direção ao bairro Mato Queimado. No trajeto, além de contemplar lindas paisagens, você irá passar pela histórica Casa Centenária.

Para quem gosta de correr, uma boa opção é a pista ao redor do Lago Negro, totalmente plana, com 760 metros. Já para os mais treinados, sugiro correr pelas ruas nas redondezas do bairro apreciando toda a beleza natural do local. Ainda, se você curte participar de provas de corridas, temos a Volta ao Lago Negro e a Meia Maratona de Gramado que ocorrem na cidade.

Para aqueles que não estão treinados para correr ou pedalar, uma boa alternativa para tornar o passeio mais ativo é dispensar o carro e apreciar os atrativos do centro da cidade a pé. Caminhe por toda a extensão da avenida Borges de Medeiros, passe em frente ao Palácio do Festival de Cinema, aprecie a Igreja São Pedro, não deixe de conhecer a Fonte do Amor Eterno que fica bem ao lado da igreja. Vá em direção a Rodoviária e veja a florida rua Emílio Sorgetz, conhecida como a rua “torta”. Ande pela Praça das Etnias, onde fica a Casa do Colono e três casas com padrões arquitetônicos dos colonizadores locais (italianos, alemãs e portugueses).

Além destas sugestões, há inúmeras possibilidades para aproveitar Gramado incluindo a atividade física no seu roteiro. O importante é manter-se ativo e curtir um turismo saudável! 😉

Explorando a Rambla de Montevidéu (Uruguai) no pedal.

Stand up paddle na Barra de Ibiraquera em Santa Catarina.

Por Maria Cristina Schokal

Maria Cristina Schokal é Professora de Educação Física, aficionada por viajar e explorar os destinos gastando calorias. Resolveu unir suas experiências e paixão por atividades físicas com as belezas de Gramado, criando uma conta no instagram chamada Gramado ao ar livre. Siga lá e fique por dentro de todas as alternativas saudáveis que a cidade oferece. A página é linda e recheada de ótimas dicas. Ah, ela também está começando um blog, confira!

LEIA MAIS:

QUE TAL CONHECER GRAMADO E CANELA FUGINDO UM POUCO DO ÓBVIO? | PARTE I

QUE TAL CONHECER GRAMADO E CANELA FUGINDO UM POUCO DO ÓBVIO? | PARTE II

Por Aline Maldaner

Deixe um comentário