VIDA NOTURNA EM ORLANDO

17.10.2016 | Destinos, Estados Unidos, Orlando, Vida Noturna

Como toda cidade turística que se preza, Orlando tem uma vida noturna bastante diversificada com opções para todos os gostos. Antes de ir, em março de 2016, fiz contato com amigos brasileiros que vivem por lá e pedi algumas dicas dos lugares mais conhecidos para dançar ou curtir a noite.

A intenção não era só ir aos parques ou ficar no circuito gastronômico e de compras. Apesar de tantas atrações durante o dia, acabou sobrando fôlego para encarar o agito ao fim das inúmeras maratonas que fizemos. Obviamente não consegui ver tudo, um risco que se corre em um destino tão cheio de atividades. Mas ainda pretendo conhecer. 😉 Vou contar aqui o que fiz e compartilhar algumas dessas dicas, que podem te ajudar a desbravar este outro lado de Orlando.

Noite em Orlando

Fomos na época do St. Patricks Day, feriado super popular por lá. Uma opção legal para conhecer as festas dos locais foi ir na Wall St. Plaza´s St. Patrick Day, uma festa aberta, com shows e peregrinação nos bares e pubs da Wall Street Plaza, em Downtown Orlando. Valeu muito a pena, conheci muita gente bacana e provei várias Guinness na cor verde. 😉

St Patricks

Uma outra super dica, da querida Aline Angeli, amiga que mora há anos em Orlando, é conhecer Winter Park. Uma pequena e charmosa cidade universitária estilo New England, somente 30 minutos de Orlando. Com uma vibe europeia e um complexo gastronômico incrível, vale conferir o Wine Room. Um bar com gente bonita e uma variedade infinita de vinhos. O mais interessante é que você compra créditos, pode provar o que quiser, só inserindo o cartão nas diversas máquinas disponíveis. Uma perdição pra quem curte um bom vinho! Ah, vendem cerveja também e tem umas comidinhas deliciosas pra acompanhar. No subsolo, um local mais reservado, é possível degustar um bom vinho de forma mais intimista, no Vault Locker Room, como se fosse um cofre, onde estão as melhores safras.

Wine Room

Em Orlando, uma local tradicional pra se conhecer é a Church Street, originalmente uma estação de trem construída por volta de 1880, na época que a ferrovia chegou à Flórida. Hoje é um centro de entretenimento com restaurantes, bares, casas noturnas e muita história. Com dançarinas de Can Can e shows de jazz, o tradicional Rosie O’Grady’s Good Time Emporium remete a uma outra época.  É um clássico. Tanto de dia, quanto a noite. Na mesma região, você também encontra o One80 Grey Goose, um bar de alto nível que fica no topo do complexo esportivo Amway Center, conhecido por ser palco dos melhores shows da Flórida, é uma das vistas noturnas mais bonitas da cidade. Com drinks preparados a base da vodka que dá nome a casa, é ideal pra iniciar a noite. Ainda na área, uma indicação de amigos é a Eve, antiga Vanity Orlando. Os locais indicam ser uma das melhores noites de sábado da cidade, conhecida pelo excelente som, imponente decoração e atendimento impecável. Fiquei com vontade. E você?

O Citywalk, complexo de entretenimento da Universal Studios é outro lugar imperdível para curtir a noite. Lá você encontra múltiplas opões de entretenimento como Blue Man Group, cinema, bares, muitos restaurantes e night clubs.

Citywalk!

Em março tava rolando o Mardi Gras, que celebra o Carnaval autêntico de New Orleans, com direito a paradas, espetáculos e muito mais. Com uma programação super especial, rolaram vários shows de bandas e artistas conhecidos. Consegui assistir ao menos um, do Adam Lambert, que foi sensacional, num palco montado sob a Hollywood Rip Ride Rockit (saiba mais no post Universal Studios). Super valeu a pena! Informe-se antes de ir pra Orlando, sobre o que rola de especial no período da sua viagem.

Dica Volto Segunda

Ainda no Citywalk, a pedida pra quem gosta de cantar é o Rising Star, que apareceu na comédia brasileira S.O.S. Mulheres ao Mar 2, com Giovanna Antonelli e Reynaldo Gianechinni. O filme teve algumas de suas cenas gravadas na Universal Orlando. E Fabíula Nascimento mostra sua voz no Rising Star, bar e karaokê. A vibe do lugar é demais. Acrescente na lista.

Confira uma palinha de um desconhecido bem talentoso:

Pra quem curte uma Guiness (assim como eu) e não perde a oportunidade de conhecer um pub irlandês sempre que pode, uma boa pedida é o Pat O´Briens. O famoso duelo de pianos, que para os apreciadores do jazz, é sensacional. Ideal para um final de dia em um dos parques da Universal. Mas atenção, é preciso reservar ao menos um dia antes.

Por último, e não menos importante é o Disney Springs, antigo Downtown Disney. Além de restaurantes conhecidos como o Rainforest Cafe, apresentações do Cirque Du Soleil e um milhão de lojas, aqui você encontra o House of Blues. Se tiver a oportunidade de jantar e assistir a um show de blues vale muito! Uma bela opção para quem quer comer bem e ao mesmo tempo curtir um bom show, como por exemplo, o Collective Soul, banda americana de rock alternativo dos anos 90 que passou por lá ano passado. Ainda, no ritmo do St. Patricks Day, dei uma conferida no Cookies of Dublin, que tem show ao vivo e uma carta de cerveja sensacional.

Cookies of Dublin

Então, se animou a desbravar a noite na cidade do Mickey? Depois me conta como foi. 😉

LEIA MAIS:

ORLANDO E O MUNDO MÁGICO DA DISNEY – INFORMAÇÕES BÁSICAS

DICAS PARA EXTRAIR O MÁXIMO DOS PARQUES DE ORLANDO

MAGIC KINGDOM

EPCOT – O PARQUE MAIS ADULTO DA DISNEY

DISNEY HOLLYWOOD STUDIOS

ANIMAL KINGDOM

UNIVERSAL STUDIOS

ISLANDS OF ADVENTURE

THE WIZARDING WORLD OF HARRY POTTER

BUSCH GARDENS – O PARQUE DAS MONTANHAS RUSSAS

ORLANDO E O MUNDO MARAVILHOSO DAS COMPRAS

SEA WORLD

PARQUES AQUÁTICOS – DIVERSÃO NA ÁGUA

ORLANDO E SUA DIVERSIDADE GASTRONÔMICA

GASTRONOMIA DENTRO DOS PARQUES

 

Por Maria Elisa Tartoni

Deixe um comentário