LUA DE MEL PELOS PUBS NAS ILHAS BRITÂNICAS – LONDRES, POR ANDREI FONSECA E JULIANA KOPITTKE | PARTE 1

23.05.2016 | Convidados, Experiências Gastronômicas, Explorando as Cidades, Inglaterra, Londres, Lua de Mel

Primeiramente, um convite da nossa madrinha Aline Maldaner não pode ser visto como convite, é convocação. E esta obrigação (falar de uma viagem maravilhosa) é cumprida com imenso prazer. Então vamos lá.

Decidimos após muito pensar (rota de carro pela Costa Amalfitana, relax num resort numa ilha caribenha, dentre outras ideias) que uma lua de mel com a nossa cara, minha e da Ju, tinha que ser feita no Reino Unido e República da Irlanda com uma rota por pontos turísticos e descoberta diária de pubs interessantes. Então, um roteiro que incluísse lugares históricos, bares, cerveja, uísque e futebol (sim, minha esposa adora e acompanha) seria perfeito. E foi. Este texto terá dicas que envolvem todos estes ingredientes para casais ou turma de amigos que se enquadrem neste perfil. Ah, esquecemos de falar da parte gastronômica: somos apaixonados por hamburger, cheeseburger, massas e qualquer coisa que tenha bacon. So c’mon board, mate!

Casamento2

LONDRES – INGLATERRA

londres1

Começamos pela melhor cidade do mundo. Pubs pra todo lado, fica até difícil para dois librianos decidir qual deles entrar. Sendo nossa segunda vez juntos na capital inglesa já tínhamos nossas preferências aliadas à vontade de conhecer novos.

Escolhemos novamente ficar hospedados numa região conhecida como Bayswater, próxima à estação de mesmo nome e de outra chamada Queensway. Deste lugar é fácil conseguir metrô para qualquer ponto turístico da cidade. Ao mesmo tempo, esta região possui vários pubs bacanas, mas nenhum deles é sensacional, porém vale aquele último pint antes de voltar pro hotel.

londres

MAZE GRILL BY CHEF GORDON RAMSAY

Como admiradores do Chef Gordon Ramsay, não poderíamos deixar de fazer uma reserva em um de seus restaurantes logo em nossa lua de mel. Escolhemos aquele que mais se enquadrava em nosso orçamento e mesmo assim requereu certo esforço. Optamos pelo Maze Grill. Fizemos a reserva pela internet meses antes, é difícil conseguir mesa.

Logo ao chegar fomos muito bem recebidos, nossa mesa estava pronta. O local é bem pequeno, aconchegante, luzes baixas, confesso que imaginava diferente, com um salão maior e mais iluminado.

maze grill gordon ramsay - londres

O maitre se apresentou, falou sobre o restaurante e mostrou uma tábua com diversos tipos diferentes de carnes, inclusive explicando sobre a relação maciez do pedaço com a idade do boi ao ser abatido. Optamos por um pedaço de steak cada, acompanhado de mac’n cheese (pra mim) e batatas (pra Ju). Se algum dia nos vermos em um pub eu conto a gafe retumbante que cometi assim que a comida chegou. A Ju ri por horas quando lembra e eu jamais seria capaz de escrever sobre isso num blog. Para acompanhar, escolhemos um vinho simples. Ao final, recebemos do Chef uma sobremesa de presente pelo nosso casamento e fomos convidados a conhecer a cozinha. Não era o Gordon, infelizmente, mas o cara era bem bacana.

maze grill gordon ramsay2 - londres

maze grill gordon ramsay1 - londres

Notas finais: apesar de ser uma coisa que queríamos muito e a comida ser muito boa, é uma experiência bastante cara para um casal que viaja em busca da combinação simplicidade/qualidade/bom preço. Cada steak custou £30, o vinho £31. Mas não nos arrependemos.

HARD ROCK CAFE

Somos daqueles fãs de carteirinha do Hard Rock Cafe e sempre marcamos presença quando há uma filial no nosso roteiro de viagem. Em Londres não poderia ser diferente. Aliás, o HRC londrino é um dos melhores que conheço. Fica próximo ao Palácio de Buckingham, não é tão grande, é verdade, mas é um lugar muito bacana. Deve-se chegar cedo, há fila desde as seis horas da tarde, e a espera costuma ser de mais de uma hora.

O cardápio muda pouco em relação aos outros, sempre há um prato local a ser apreciado. Como bons librianos, temos nossas escolhas e não mudamos por nada. Você que é fã e gosta de comprar memorabilia, saiba que a lojinha com as roupas e acessórios da marca fica em frente ao HRC, no outro lado da rua.

Hard Rock cafe londres

Hard Rock cafe londres2

PICCADILLY CIRCUS (M&MS, TGI FRIDAY, TRAFALGAR SQUARE)

picadilly

Esta área de Londres, bem no Centro, é muito intensa. Trata-se de um ponto de reunião de jovens, turistas e qualquer outro grupo agitado que busque diversão, cultura e, claro, pubs. A começar que, se você prometeu lembrancinhas para amigos e familiares, aqui é um bom lugar para comprar. Tem uma loja enorme para compra de souvenires, chamada Cool Britannia, próxima à escada que leva à estação com nome de Piccadilly Circus. Talvez não seja o melhor preço, mas a variedade de bugigangas faz o turista perder um bom tempo lá. Se não me engano possui três andares. Vale a visita.

picadilly2

Se você é fã dos M&M’s, prepare-se: há uma loja espetacular nesta área. Pode-se fazer de tudo: comprar apenas a sua cor favorita, escolher objetos e presentes com a cara dos chocolatinhos, personalizar o seu M&M’S com a impressão da inscrição que você quiser, enfim, muitas coisas. O mais normal é ver as crianças controlando os pais para que não percam tanto tempo lá, afinal, quem foi criança nos anos 70 ou 80 recebe uma dose cavalar de nostalgia.

m&m2

m&m

Por fim, vamos falar de cerveja. Há vários pubs bacanas por lá, mas preciso destacar a nossa grande decepção: TGI Friday’s. Somos fãs desta rede de lanches, mas a filial londrina em Piccadilly Circus é possivelmente a pior que já frequentamos (junto com a de Buenos Aires, talvez). Só há pontos negativos. A cerveja, nosso alvo principal, é simplesmente horrível: não há beer on tap (draft), somente garrafas que vem com o líquido quente, praticamente intragável. Fizemos nosso pedido e a refeição foi bem razoável. Notava-se que o clima não era bom entre os funcionários: queríamos fazer o pedido e um empurrava a tarefa para outro e ainda o escolhido vinha de cara feia. O local, por si só, estava decadente: várias mesas vazias com pratos e copos a serem recolhidos, restos de alimentos no chão… enfim, experiência terrível. Ponto negativo para a rede, não há como voltar.

LAMB AND FLAG

Este parágrafo é para os traditional drinkers: Lamb and Flag. Em Londres existe um pub inaugurado nos anos 1500 e está aberto até hoje. Sobreviveu a incêndio, avanço imobiliário, enfim, é único. Claro que está totalmente reformado, mas é possível sentir a atmosfera de anos passados. É um local bem pequeno, aconchegante, bem iluminado, muito quente, agitado e altamente frequentado. Há muitas opções de beer on tap, principalmente da cervejaria Fullers, como a tradicional London Pride e ESB. Eu confesso que experimentei essas e acabei optando pela tradicional Fosters.

Na nossa lua de mel não fomos lá, mas havíamos visitado em 2011, por isso resolvi citar aqui. Creio que vale a visita. Fica próximo as estações de Covent Garden e Leicester Square. Como o local estava cheio, estacionamos nossa carcaça no balcão, para não perder o costume ficamos até o bater do sino… mas foi meio no sacrifício, por que o pub todo tem um cheiro muito forte de xixi, não sabemos porquê e achamos melhor não perguntar.

SHERLOCK HOLMES PUB

O Sherlock Holmes Pub, é um dos lugares que mais gostei de ir. Fica próximo à estação de Charing Cross, o endereço é 10 Northumberland St, St James’s, Greater London. Lindo por fora, espetacular por dentro. Boa comida (lembro de um cheeseburger muito saboroso) e as tradicionais cervejas britânicas. Atendimento é realmente muito bom. Mas se você pensa que é junto ao museu do detetive mais famoso do mundo, engana-se: este fica na 221b Baker Street. Também vale a visita. Elementar, meus caros amigos. 😉

Nossa passagem por Londres desta vez foi de apenas dois dias, se tivermos outra oportunidade falaremos sobre os pontos turísticos que visitamos na nossa primeira viagem para lá, como Tower of London, Abadia de Westminster, Big Ben, London Eye, Palácio de Buckingham, Tower Bridge, Hyde Park, Churchill Museum, Greenwich, … Desta vez, Londres foi apenas o ponto de chegada da viagem, a intenção era ir logo para Liverpool, mais precisamente para o jogo Liverpool e Hull City que aconteceria no sábado. Contaremos tudo no próximo post, aguardem!

Por Andrei Fonseca & Juliana Kopittke

Casamento

Juliana Kopittke é hoteleira e atua como Gerente de RH em uma multinacional, o maridão, Andrei Fonseca, é jornalista e servidor público. Super clichê, eu sei…, mas pelos olhares, sorrisos, atitudes e admiração não há dúvidas que foram feitos um para o outro. Sempre que podem fazem as malas e saem por aí explorando o mundo. Juntos já estiveram no Canadá, Nova York, Alemanha, República Tcheca, Áustria, Buenos Aires… e claro, nos destinos incríveis que visitaram na sua lua de mel e compartilham conosco. Nos próximos meses, estão prestes a embarcar numa das jornadas mais emocionantes da vida, estão à espera da princesa Catarina!

Fotografia: Andrei Fonseca e Juliana Kopittke

LEIA MAIS:

LUA DE MEL PELOS PUBS NAS ILHAS BRITÂNICAS – I WISH I WAS BACK IN LIVERPOLL | PARTE 2

LUA DE MEL PELOS PUBS NAS ILHAS BRITÂNICAS – EDIMBURGO | PARTE 3

LUA DE MEL PELOS PUBS NAS ILHAS BRITÂNICAS – GLASGOW | PARTE 4

LUA DE MEL PELOS PUBS NAS ILHAS BRITÂNICAS – DUBLIN | PARTE 5

DESTINOS MAIS PROCURADOS PARA LUA DE MEL: PARA INSPIRAR CASAIS APAIXONADOS E INDECISOS

O IMPERDÍVEL DE LONDRES

Por Aline Maldaner

Deixe um comentário