Segurança em aeroportos: todo o cuidado é pouco, por Adriano Fleck

05.03.2016 | Dicas, Segurança

As leis brasileiras garantem uma ampla segurança em locais públicos, porém sabemos que a maior segurança possível é gerada por nós mesmos. Aqui escrevo sobre os cuidados que devemos ter quando precisamos nos deslocar seja em aeroportos, rodoviárias e afins.

IMG_7912_650px

1. Malas sofisticadas chamam mais atenção, sobretudo as novas e de grife. Dispense que até elas sejam símbolo de status;

2. É bom sinalizar cada mala com fitas coloridas, lenços decorados e adesivos para facilitar sua identificação visual. Isso diminui as chances de alguém levá-la por engano;

3. Malas pretas com rodinhas chamam menos atenção, justamente essas são grandes alvos de bandidos. Portanto, considere comprar uma bagagem de cores chamativas, fazendo com que se destaque ou a decore com fitas e acessórios coloridos. Outra boa opção é utilizar capas coloridas disponíveis no mercado, além de proteger as malas, adicionam outros recursos de segurança à bagagem;

4. Itens mais valiosos ou de maior estima pessoal devem ir para o fundo da mala. Bandidos geralmente tem poucos minutos para realizar os furtos, é normal que tendam a subtrair o que está por cima ou nos bolsos;

5. Uma técnica muito boa para disfarçar produtos de valor é acomodá-los em embalagens que não despertam a atenção. Bolsas térmicas, caixas de chocolate, fralda de bebê, são ótimos “disfarces”;

6. Se preferir despachar equipamentos ou produtos eletrônicos de valor, é bom fotografá-los antes. Isto ajuda a comprovar o valor da sua bagagem caso precise acionar o seguro ou entrar em uma possível ação judicial. Notas fiscais dos produtos adquiridos na viagem, também servem como avaliação, guarde-as consigo;

7. Para dispersar a atenção dos bandidos, tire os produtos comprados da caixa e suas etiquetas, mesmo dos presentes para a família e os amigos, os ladrões preferem os produtos novos;

8. Não coloque objetos de valor como joias, dinheiro e cartões de crédito nas malas que serão despachadas. Estes pertences devem ser transportados na bagagem de mão. O mesmo vale para eletrônicos como máquinas digitais, notebooks e smartphones, produtos muito visados;

9. Sempre que possível, viaje só com a mala de mão. Carregar um excesso de tralhas só torna a viagem mais cansativa e exige muito mais cuidados, considere adquirir algumas coisas no lugar de destino, frequentemente os preços são até melhores;

10. Preste queixa imediatamente ao perceber a falta de algo, perder minutos indignando-se pode tornar mais difícil a localização de marginais;

11. Fique sempre de olho nas suas malas e bagagens de mão. Qualquer distração pode ser uma oportunidade para traficantes colocarem drogas em sua bagagem, e usá-lo como “mula” ou “isca” para passar na alfandega. Isso pode lhe causar um transtorno de difícil solução.

Estes simples cuidados podem evitar grandes transtornos em sua viagem, afinal ninguém sai de casa para passar trabalho! Espero ter ajudado e qualquer dúvida podem me perguntar por aqui. Boa viagem!

Por Adriano Fleck – Chief Security Officer

DSC_0939

Adriano Fleck é responsável pela segurança de várias instituições e empresas no Brasil e América Latina. Dentre outras formações importantes, possui cursos de Segurança VIP em Israel e de Segurança Empresarial na Alemanha, Estados Unidos e Argentina. Quando recebeu o convite para ser nosso colaborador aceitou prontamente e gentilmente, afinal, sabe melhor que ninguém, que segurança é assunto sério e que quando viajamos estamos mais distraídos e vulneráveis. Com seus posts nos ajudará a viajar mais prevenidos!

Por Aline Maldaner

Deixe um comentário